5 de setembro de 2020
PesquisadoresUSP

Destaques

Sirius investiga mistério de proteína do coronavírus em 1ª pesquisa externa.

O acelerador de partículas Sirius, a maior infraestrutura científica do Brasil, começou a ser usado nesta semana para investigar detalhes de proteínas não estruturais do vírus Sars-Cov-2, causador da covid-19. Conduzida por pesquisadores do Instituto de Física de São Carlos da USP (Universidade de São Paulo), esta é a primeira pesquisa externa realizada no centro localizado em Campinas (SP).

Leia a matéria completa aqui.